Empire State Building

Publicado por allan em 12 de novembro de 2012
Empire State


O Empire State Building é um ícone de Nova York. O arranha-céu de 102 andares manteve o status de edifício mais alto do mundo até 1972, quando foi superado pela torre norte do World Trade Center. Atualmente é o mais alto da cidade, marca que sustentará até a conclusão da Freedom Tower, em construção na região onde ficavam as torres gêmeas.

Muita gente pronuncia erroneamente o nome do edifício chamando-o de Empire States. O nome correto é no singular e deriva do apelido do estado de Nova York. Os números impressionantes do edifício traduzem bem a palavra “império” e constituem um símbolo do visionismo e do poderio econômico da cidade e dos Estados Unidos de uma forma geral.

Altura 448 metros (contando a antena de TV no topo)
Peso estimado 308 mil toneladas
Tijolos Utilizados Dez milhões
Janelas 6,5 mil
Elevadores 73
Escadas Entre o térreo e o último andar são 1860 degraus
Estátua da Liberdade USD 17.00
Tempo de Construção 14 meses
Trabalhadores Envolvidos Foram empregados 300 homens. 14 trabalhadores morreram em acidentes durante a obra.
Energia A cada ano o prédio consome energia suficiente para abastecer uma cidade de 11.000 habitantes.

A vista panorâmica do mirante do prédio é sensacional e atrai mais de 2,5 milhões de turistas por ano. Do mirante mais alto que fica 102º andar, a visão alcança até 125 quilômetros, sendo possível observar não só Nova York como outras cidades vizinhas. Lá de cima você poderá curtir Manhattan em 360 graus em uma experiência inesquecível. Mas atenção, visitá-lo num dia nublado pode ser tão frustrante quanto conhecer o Cristo Redentor no Rio na mesma situação.

Vista noturna do Empire State

Vista noturna do Empire State
por: Allan Peron

Como furar (parcialmente) as filas do Empire State

As filas para subir no Empire State no verão são de irritar até um monge budista. E eu não errei ao colocar a palavra “fila” no plural. Você tem a fila de entrada no edifício (que pode chegar a dar voltas no quarteirão), a fila da segurança, a fila para comprar o ingresso (uma das mais demoradas) e ainda a fila dos elevadores.

Algumas opções para ganhar tempo na sua visita são:

1) Comprar o ingresso pela Internet – Comprando online você não precisa passar pela bilheteria, já economizando um bom tempo. Você NÃO precisa determinar dia e hora da sua visita – o ticket é válido por 1 ano após a data da compra. O site cobra $2 adicionais para cada ingresso emitido.

2) Comprar o CityPass – A visita ao 86o andar do edifício é uma das atrações inclusas no NY CityPass. Com ele você também não precisará passar pela fila da bilheteria, partindo para a fila dos elevadores tão logo passe pela segurança. O ingresso do passe ainda inclui um audioguia que conta a história da construção do edifício e ainda outros detalhes da vista lá de cima.

3) Comprar os tickets “express” – Você pode pagar algo em torno de $22 adicionais para pular todas as filas (a exceção da segurança) e passar na frente de todo mundo. Esta opção esta disponível na Internet e também para portadores do CityPass.

Elevador do Empire State

Quase chegando ao topo …
por: Allan Peron

Visitar o Empire State ou o Top of the Rock?

Esta é uma pergunta frequente que os viajantes fazem. Subir em um deles é algo imprescindível na minha opinião, já que a vista da cidade proporcionada pelos dois é realmente magnífica. Vamos aos prós e contras de cada um:

Empire State

Prós – O charme de poder dizer que subiu no edifício mais alto de NY e em um dos prédios mais altos e famosos do mundo. A vista do Chrysler Building e do sul da ilha são mais bonitas daqui.

Contras – Conforme já dito, o tempo perdido nas filas pode estragar seu humor na visita, dependendo da época da sua viagem. As fotos tiradas daqui são prejudicadas pela grade de segurança que circunda todo o deck.

Top of the Rock

Prós – As filas são bem menores e mais rápidas. Possui uma vista exclusiva do Central Park e é de onde se pode observar toda a grandeza do Empire State, coisa que de lá obviamente é impossível. Os decks inferiores possuem uma proteção de vidro e não uma grade horrível que atrapalha você a tirar suas fotos. O deck superior é ainda melhor: tem vista livre, sem qualquer obstáculo para a observação e para as fotos.

Contras – O Top of the Rock além de mais baixo não tem o mesmo “charme” e fama do Empire State.

Para não ficar em cima do muro, se fosse pra escolher um deles eu ficaria com o Top of the Rock. Se você decidir subir os dois mirantes, minha dica é visitar um deles de dia – no pôr-do-sol por exemplo – e o outro a noite. São duas vistas fantásticas, totalmente distintas da cidade, que rendem lindas fotografias.

Veredito Final desta Atração

4 Estrelas

Preço do Ingresso para subir no Empire State

– Visita ao observatório do 86o andar
Adultos – $25
Idosos (+ de 62 anos) – $22
Crianças (de 6 a 12 anos) – $19

– Visita ao observatório do 86o + acesso ao top deck (102o andar):
Adultos – $42
Idosos (+ de 62 anos) – $39
Crianças (de 6 a 12 anos) – $36

Nota: Se você possui o NY CityPass pode fazer um “upgrade” no seu ingresso pagando mais $15 no caixa do 86o andar para subir até o top deck.

Quanto tempo reservar para a visita?

É difícil responder a esta pergunta devido as temidas filas. Dependendo do horário que você escolher para visitá-lo e da época do ano, você pode gastar de 2 horas (pouca fila) a 6 horas (fila gigantesca).

Horário de Funcionamento

Todos os dias do ano, de 8:00 às 2:00 da manhã. O último elevador sobe à 1:15 am.

Localização

350 da Quinta Avenida, entre as ruas 33 e 34.

Como chegar de metrô:
São várias as opções:
Linhas A, C, E, 1, 2, 3 – Descer na 34 St. – Penn Station (você vai andar aproximadamente 2 quadras)
Linhas N, Q, R – Descer na 34 St. – Herald Square (opção que te deixa mais perto – 1 quadra)
Linha 6 – Descer na 33 St. (andar 2 quadras)

Como chegar de ônibus:
As linhas M4, M5, M7, M16, M32 param bem perto.

Site Oficial

http://www.esbnyc.com






Gostou deste Artigo? Divulgue-o!