Central Park

Publicado por allan em 26 de outubro de 2012
Central Park


O Central Park é, junto a Times Square, a atração turística gratuita mais legal de Nova York na minha opinião. Localizado no coração de Manhattan, seus 341 hectares de área verde criam um contraste indescritível com os arranha-céus da ilha.

Este é um dos mais belos parques públicos do mundo, atraindo mais de 25 milhões de pessoas todos os anos. Vários dos seus cantinhos são cenários de filmes conhecidos como Hair, One Fine Day, Escrito nas Estrelas, Encantada e Esqueceram de Mim 2 e mais recentemente Smurfs.

Ainda que você reserve um dia inteiro para passear pelo parque, provavelmente não o percorrerá por inteiro. Uma opção é visitá-lo em dias diferentes “casando” a programação com outras atividades que estão ao seu redor, como o Museu de História Natural, o MET ou mesmo ao final de uma caminhada pela 5ª avenida.

Fazer um pique-nique sentado à grama é praticamente obrigatório. O Sheep Meadow é a área mais concorrida para este fim. Aos finais de semana, principalmente no verão, o parque fica lotado e além daqueles relaxando, tomando sol e desfrutando deliciosos sanduíches é possível ver pessoas jogando freesbie, praticando futebol americano e outros esportes. O clima desta parte do parque é realmente muito gostoso.

Pic-Nic no Central Park

Pic-Nic no Central Park
por: Allan Peron

Vale alertá-los que não só aqui, mas em qualquer local público em Nova York é proibido o consumo de bebidas alcoólicas. Fora de casa, sua cervejinha gelada deve ser apreciada somente em bares, restaurantes ou em locais privados em que isso esteja expressamente autorizado. Se você quiser tentar a sorte, não assuste se um policial materializar-se ao seu lado antes mesmo da primeira golada (sim, lá a polícia realmente está sempre presente).

Dentre as atrações do parque, destaco:

Strawberry Fields – Homenagem a John Lennon dedicada pela viúva Yoko Ono. Trata-se de um mosaico em preto e branco no piso com a incrição “Imagine” ao centro, referência a famosa canção dos Beatles. Fica próximo à entrada do parque em frente ao Dakota Building, prédio em que o Lennon morou e foi assassinado.em 1980.

Strawberry Fields no Central Park

Strawberry Fields – Homenagem a John Lennon
por: Allan Peron

Zoológico – Fica logo na entrada leste do parque na altura da rua 62. È de onde saíram Alex, Glória e companhia do filme de animação Madagascar. O zoo é pequeno e você pode ver algumas atrações e apresentações sem precisar pagar o ingresso e entrar de fato. Se você estiver com crianças, talvez possa valer a pena, mas no meu caso contentei-me com o passeio por fora.

Central Park Zoo

Foca se apresentando no Zoológico do Central Park
por: Allan Peron

The Mall – Uma linda “avenida” toda arborizada que rende uma ótima caminhada e belíssimas fotos.

The Mall

The Mall
Créditos: Central Park Conservancy

Bethesda Fountain and Terrace – Uma linda fonte chamada Angel of the Waters (Anjo das Águas) cravada no coração do parque. Não deixe de subir as escadas e apreciá-la do terraço.

Bethesda Fountain

Bethesda Fountain
por: Allan Peron

Belvedere Castle – Este castelo fica localizado bem no meio do parque, na altura da rua 82. Vale a pena subir em sua torre (grátis), 2º ponto mais alto do Central Park e admirar uma linda vista panorâmica. Na parte inferior do Belvedere está localizado o Delacorte Theater, palco das famosas encenações da peça Shakespeare in the Park no verão, com entrada gratuita.

- Conservatory Garden - Uma das regiões mais lindas do Central Park, repleta de jardins, fontes e esculturas.

- Bow Bridge - A ponte mais bonita e romântica do parque na minha opinião. Já foi cenário de vários filmes de Hollywood.

Conservatory Water – Uma lagoa onde pais e filhos brincam com barquinhos a vela de controle remoto. Se animar, você pode alugar uma dessas miniaturas por tempo e entrar na onda.

Conservatory Water

Barquinhos a Vela no Conservatory Water
por: Allan Peron

Estátua de Alice no País das Maravilhas – Homenagem ao clássico de Lewis Carroll,  tem todos os principais personagens do conto como o Chapeleiro Maluco, o coelho e o gato. Difícil mesmo é tirar uma foto apenas da estátua que é escalada por várias crianças a todo instante. Fica localizada ao lado do Conservatory Water.

Alice no País das Maravilhas

Alice no País das Maravilhas
por: Allan Peron

Estátua de Hans Christian Andersen – Homenagem ao poeta e escritor dinamarquês de histórias infantis como o Patinho Feio, o Soldadinho de Chumbo e A Pequena Sereia. Também fica localizada ao lado do Conservatory Water.

Estátua de Hans Christian Andersen

Estátua de Hans Christian Andersen
por: Allan Peron

Além do passeio a pé, outras alternativas interessantes conforme sua disponibilidade física e financeira são o aluguel de bicicletas e o passeio de carruagem. Para as 2 rodas, você pagará algo em torno de $20 por 2 horas ou $40 para o dia inteiro. Já a 2ª opção, muito legal principalmente se você estiver com crianças, é mais carinha $70 – para um passeio de meia-hora.

Para situar-se e planejar sua visita, não deixe de acessar nosso post com o mapa interativo das principais atrações do Central Park.

E você? Quais são seus pontos favoritos do Central Park? Deixe sua opinião nos comentários abaixo!






Gostou deste Artigo? Divulgue-o!